A 20ª Volta Internacional da Pampulha terá um lagoassantense de coração

0
108
Foto: Arquivo pessoal - Meia Maratona do Rio 2018 - Fagner conseguiu o primeiro lugar na categoria 30-34 anos

Top 100 entre 30 mil atletas na “Corrida Internacional de São Silvestre”, pódio em todas as competições que correu em 2018, participante da “Volta Internacional da Pampulha” desde 2011. De quem estamos falando? Alguém sabe? Deixa eu contar para vocês!

Fagner Padua nasceu em Diamantina e veio para Lagoa Santa, em 2008, em busca de uma oportunidade de trabalho. Ele disse que a corrida entrou em sua vida de uma maneira corriqueira. Padua recebeu o convite de um amigo, chamado Evandro, para participar de uma prova, o que ele não esperava era o resultado. “Participei da minha primeira “competição” sem inscrição mesmo, sem tênis e roupas adequadas, mesmo assim, conquistei minha medalha.”, relembra.

Desde 2011 ele compete em corridas de rua e percebeu que tinha fôlego para desafiar seus limites. Em 2017, Fagner resolveu se empenhar mais, treinou, se sacrificou, e conseguiu bater todos os tempos dele. “Eu fiquei entre os 20 primeiros colocados, na Volta Internacional da Pampulha daquele ano. Mesmo saindo lá atrás, na geral, muito longe da elite.”, conta.

Hoje o atleta se prepara para a “XX Volta Internacional da Pampulha”. Já são dois meses de puro foco, treino e trabalho. “Para esta competição criei uma planilha específica, treinos mais longos, variando entre resistência, velocidade e fortalecimento muscular. Eu espero que seja a minha melhor participação e que Deus me abençoe no dia.”, diz.

Neste ano o atleta completa oito participações na corrida, porém em 2018 ele tem um trunfo. Fagner está na expectativa de conseguir sair próximo ao pelotão principal, bem pertinho da galera da elite. Isto possibilita uma grande chance de Fagner trazer mais uma medalha para sua coleção. “Tenho treinado muito para que isto aconteça. Quero estar bem descansado  e ter a possibilidade de bater meu recorde pessoal.”, pondera.

Ano passado Fagner concluiu a prova no cartão postal da capital em 1he2m. Giovani dos Santos foi o primeiro colocado e chegou com 52m55s. Mesmo com alguns minutos de diferença, o atleta se diz feliz por participar, mostrando sempre o espírito esportivo que o destaca. “Superar limites, buscar fôlego quando já não existe ar suficiente para respirar e as pernas já não obedecem, tudo isso se perde quando cruzamos a faixa de chegada e recebemos os abraços e sorrisos dos familiares e amigos que estão sempre na torcida. Esta sim é a nossa maior recompensa. Eu acredito que correr  seja a realização  de um  sonho e estar em uma  corrida  na Pampulha é  uma  satisfação. Poxa, poder estar ao lado dos melhores  corredores do mundo é  maravilhoso!”, finaliza

A “XX Volta Internacional da Pampulha 2018” será realizada no dia  09 de dezembro, em Belo Horizonte, e serve de preparação para a “Corrida Internacional de São Silvestre”. A programação terá início às 7h43, com os cadeirantes, ficando a Elite feminino para as 7h45, e a masculino e pelotão geral para as 8h. A largada e a chegada é na Av. Antônio Abrahão Caran com Av. Coronel Oscar Paschoal ao lado da arena do Estádio Governador Magalhães Pinto – Mineirão.

Veja mais informações