Edição especial do Samba das Crianças em Lagoa Santa

0
110
Henrique Melo organizador do Samba das Crianças

“Quem não gosta de samba, bom sujeito não é, é ruim da cabeça ou doente do pé”. A letra da música de Dorival Caymmi – Samba da Minha Terra – já diz um pouco sobre o samba no Brasil. O gênero musical é considerado um dos elementos mais representativos da cultura popular brasileira. Chegou ao país no período colonial através dos escravos africanos. É uma junção de culturas que une povos e faz todo mundo dançar, todo mundo mesmo, inclusive as crianças.

Falando em crianças, está chegando o dia delas. Por isso, Henrique Melo (39), pai da Julia (07) e do Arthur Andrade de 09 anos vai realizar o tradicional “Samba das Crianças” em sua sétima edição em Lagoa Santa. “Quero proporcionar um dia de muita diversão, brincadeira, exercício da cidadania e de solidariedade. Nesse evento arrecadamos alimentos que são doados para instituições como o Asilo São Vicente de Paulo, a casa Nossa Vivenda e a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Lagoa Santa (APAE).”, comemora.

Em entrevista ao Jornal Minas de Fato, Henrique contou como tudo começou: “Cheguei em Lagoa Santa em 2009 para trabalhar e trouxe minha esposa a Patrícia Andrade Melo e meu filho Arthur  com 06 meses na época. Fui criado em uma comunidade no Rio de Janeiro e frequentava a quadra da escola de samba Mocidade Independente de Padre Miguel. Eu nasci e me criei nas rodas de samba  do Rio de Janeiro. Quando cheguei aqui  tive  a ideia de criar uma roda de samba no Conjunto Residencial Barraginha 7, em frente ao antigo bar do Ailton, perto de onde eu morava. Um grupo de amigos foi formado  (Pura Amizade ) onde nasceu  a   “Roda de Samba do Pura Amizade”. Tocávamos todo segundo domingo do mês. Em outubro de 2010 o nosso samba caiu justamente no dia das crianças. Foi assim que foi criado o “Samba das  Crianças” e não paramos mais.”, conta o orgulhoso Henrique.

Com a ajuda dos comerciantes da cidade Henrique realiza sorteios de brinquedos e eletro eletrônicos. “Este ano vamos sortear tablets, bicicletas e muitos brinquedos.”, explica.

Foto dos eventos anteriores cedidas pela organização

Melo disse que para participar do sorteio é preciso levar 1 kg de alimento não perecível e trocar pelo cupom. “Quanto mais alimentos doados, mais chance de ganhar”. O evento será realizado na rua Perola, 257 no Vila Maria (atrás da escola Dona Nana)  a partir das 13h do dia 12 de outubro.” Esperamos um público de aproximadamente 300 crianças da nossa comunidade. Além da diversão iremos distribuir brinquedos , guloseimas, disponibilizaremos um espaço com cama elástica e pula-pula, teremos apresentação de capoeira, grupos de samba e DJs.”, diz.

A organização contou ainda que haverá corte de cabelo, aplicação de flúor e aferição da pressão. “Sempre tive o sonho de realizar sonhos. Tenho cinco irmãos e minha mãe nos criou sozinha, ela não tinha condições de comprar presente, nem de aniversario e muito menos no dia das crianças. Eu desde pequeno falava que quando tivesse uma condição financeira melhor daria para as crianças mais carentes o que eu sempre quis ter. Eu só tenho a agradecer a Deus por me dar essa oportunidade de praticar o bem!”, fala emocionado.

Henrique falou que o evento contará com o apoio da Policia Militar, brigadistas e socorristas e uma ambulância de plantão. Agora é só marcar a data no calendário!

Serviço

7º Samba das Crianças de Lagoa Santa

  • Endereço: Rua Perola, 257 – Vila Maria – Lagoa Santa  (atrás da escola Dona Nana)
  • Horário/ Data: 13h – 12/10/2018
  • Levar 1kg de alimento não perecível para participar do sorteio de brindes