Eu adoro viajar, mas meu gato não!

0
16
Foto: Divulgação

Quem tem felino sabe da dificuldade que é quando a família organiza uma viagem, afinal, quem vai cuidar do gato de alguém? Estes animais não se sentem confortáveis quando estão em um ambiente novo e é muito difícil encontrar um “amigo” que tope ficar de babá. Os gatos adoram ficar em casa, são animais com costumes e levam uma vida cheia de rotinas, isso traz segurança aos bichanos. Como são animais independentes, ficar trancados (mesmo que seja por poucas horas) já os aterroriza. Agora eu te pergunto: é necessário mesmo levar o gato para uma viagem? Não seria melhor para o animal deixa-lo em seu ambiente?

Isso vai depender de você, analisar os prós e os contras e decidir o que é melhor para o conjunto. Se for leva-lo, precisa estar em uma caixa de transporte para a própria segurança, se optar por deixa-lo existem hotéis especializados que recebem o bichano e ainda temos a terceira opção: a pet sitter.

Este profissional fica encarregado de manter a rotina do animal o mais próximo do que ele esta acostumado. Fica com a cópia da chave da casa da família e faz visitas rotineiras (uma vez ao dia) para alimenta-lo e brincar com o gatinho. Não é fofo? Na região metropolitana são pouquíssimos os hotéis que contam com espaços pensados para os felinos. Então pense e escolha a melhor maneira de se divertir sem “abandonar” o seu gatinho!