Gol pede autorização para vender bilhetes de voos saindo do Aeroporto da Pampulha

0
24
GOL Boeing 737-800

A companhia Gol Linhas Aéreas anunciou que começará a vender (a partir de hoje (30)) bilhetes na rota Pampulha-Congonhas. Os voos começarão a partir de 22 de Janeiro de 2018. Este foi o primeiro pedido de novos trechos aprovado pela Agência Nacional de aviação Civil (Anac).

A reabertura do Aeroporto da Pampulha para voos comerciais foi uma decisão política e considerada uma vitória para a Infraero. Do lado oposto está o Aeroporto de Confins que desde 2013 é administrado pela BH Airport, grupo formado pela CCR e pela suíça Zurich Airport.

De acordo com a Agência Estado, a medida deve afetar a demanda da concessionária, que entrou na Justiça para questionar a decisão. Nota técnica do Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil, emitida no início do ano, diz que a retomada da Pampulha poderá representar queda de 8,5% a 51% da receita de Confins.

Em entrevista ao Jornal Estado de Minas, políticos de Brasília disseram que com a chegada da companhia Gol no Aeroporto da Pampulha fica ainda mais difícil reverter a reabertura.

O prefeito Rogério Avelar esteve hoje, juntamente com outros prefeitos do Vetor Norte, reunidos na Associação Comercial de Minas (ACMinas) estudando soluções efetivas para a revogação da Portaria nº 911 de 24/10/2017 do Ministério do Transportes, que transfere parte dos voos domésticos e de longa distância para o Aeroporto Carlos Drummond de Andrade, na Pampulha. “A volta dos voos para o Aeroporto da Pampulha causará prejuízos financeiros, econômicos e sociais, além de representar um retrocesso no processo de crescimento que vem marcando toda região desde 2013 quando foi assinado o contrato de concessão entre o Governo Federal e a BH Airport no valor de 800 (oitocentos) milhões de reais”, explica.

Além do trecho para Congonhas, a agência reguladora avalia outras três rotas solicitadas pela Gol, que terá 26% da oferta da Pampulha – Avianca, Azul e Latam também deverão ter novos espaços no aeroporto. Segundo a Anac, que anunciou a alocação dos slots na primeira quinzena deste mês, as demais companhias ainda não fizeram suas solicitações de trechos.

Fonte: em.com.br