Ideias: Algumas precisam ter preço Empresários alcançaram riqueza através delas não esqueça disso

0
74
Divulgação

Algumas coisas na vida valem ouro e uma delas são as ideias. Com ideias inovadoras e diferentes, algumas pessoas conseguiram ficar ricas e ainda ajudaram milhares de pessoas no mundo todo. Bill Gattes, Steve Jobs e outros grandes gênios revolucionaram o conceito de vida na sociedade mundial e assim, alcançaram riqueza trazendo praticidade para milhares de pessoas.

Desta mesma forma também, muitas empresas conseguiram êxito. Como exemplo, marcas de refrigerantes que saíram do tradicional guaraná oferecendo sabores como uva, tangerina, laranja e etc. Ou mesmo as fábricas de carros que ofereceram para seus consumidores, mais itens de uso interno, como som, airbag, ar condicionado, TV e outros utensílios importantes que nos anos de 1950, por exemplo, não existiam nos automóveis vendidos no Brasil.

Podemos falar também dos tradicionais sucos de caixinha. O sabor da fruta original praticamente vendido nas gôndolas de supermercado, como também o pó de suco que hoje parecem frutas batidas. Chegamos também aos celulares que de apenas ligações comuns nos anos de 1990 nos oferecem hoje nos anos 2000: bloco de notas para escrevermos, e-mail, máquina fotográfica, editores (diversos), gravadores de áudio, calculadora e outras tantas funções que eram divididas em vários aparelhos. Podemos falar da indústria farmacêutica também, que a cada ano, traz um novo medicamento ou melhorias em alguns (desenvolvido por químicos e farmacêuticos) para sanar as doenças da sociedade.

Todas essas ideias foram acopladas a esses produtos com o passar dos anos para deixar nossas vidas mais práticas. No entanto, essas ideias inovadoras não foram trazidas à público apenas para melhorar a vida delas, mas para revolucionar conceitos e no final render muito, na verdade bastante dinheiro. Assim, tenha  mente que boas ideias rendem dinheiro e não devem ser passadas para as pessoas “sempre” de graça. Precisam ter algum tipo de valor.

Se fosse assim, os grandes gênios e empresários não teriam construído em nossa sociedade, nome e acima de tudo, fortunas. O que eles fizeram? Construíram através de boas ideias novas formas de sobrevivência, mas colocaram preço em todas elas! Agiram de forma egoísta e seletiva? Não, apenas criaram conceitos que pudessem ser espalhados e vendidos para as pessoas. Todavia, com preço justo valorizando as suas marcas.

Dê valor sempre

Assim, tenha em mente que por preço em uma boa ideia é mais do que valorizar o que você aprendeu nas academias, nas faculdades ou mesmo através de suas leituras. Lembre-se que o mundo gira através do “social entre as pessoas”, mas muito pelo capital que faz as engrenagens rodarem de forma produtiva. Não doe ideias que te ajudam ou poderão te ajudar no futuro a sobreviver. No máximo, leve elas para pessoas que poderão fazer o seu nome ser reconhecido. Aproveite para fazer o seu pé de meia. Ideias: Algumas precisam ter preço. Empresários alcançaram riqueza através delas, não se esqueça disso. Pense nisso e conquiste o seu lugar ao sol.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorIngrediente da Vez – Erva Doce
Próximo artigoLagoa Santa é uma das cidades mineiras que registraram casos do vírus influenza
Felipe de Jesus
Felipe de Jesus é mestre em comunicação social: jornalismo, sociólogo, jornalista, bacharel em teologia e bacharelando em direito. Como jornalista atuou em diversas editorias e como sociólogo prestou consultoria para uma ONG desempenhando o trabalho de pesquisas de campo: opinião pública: social e comportamento. Faz parte da Sociedade Brasileira de Sociologia (SBS) e do Sindicato dos Sociólogos de Minas Gerais (SINDS) como afiliado.