Meninas que pintam e bordam na Santa Casa de Lagoa Santa

0
280
Foto: Alba Alves

As voluntárias da Assanta (Associação de Voluntárias de Lagoa Santa) fazem um trabalho diferenciado, sem remuneração, dentro da Santa Casa. Lá elas pintam e bordam, no bom sentido é claro, organizam bazares e eventos para arrecadar valores que são revertidos em amor. Isso mesmo amor ao próximo!

Desde 2001, quando Lêda Gontijo decidiu criar o grupo, que o voluntariado vem sendo praticado por essas 22 jovens senhoras. Gilcea Guimarães Fonseca, vice-presidente, disse que a média de idade é de 65 anos e as reuniões acontecem semanalmente para criar peças de artesanato. São peças em MDF, panos de pratos, decupagem, bordados, enfeites para casa, kits de higiene, costuras, entre outros trabalhos.

Gil explica que o carinho e os sorrisos que recebem, quando vão entregar os kits de higiene que organizam, já valem como pagamento. “A gente arrecada dinheiro (temos uma conta cadastrada no banco) e ai tudo que juntamos é revertido em benefícios dos doentes do hospital”, explica.