Menor basílica do mundo está em Minas Gerais

0
18
Foto: Arquidiocese de BH

As duas Igrejas do complexo do Santuário da Serra da Piedade, em Caeté, na grande Belo Horizonte (MG), foram elevadas a basílicas em um dia bastante especial: o “Dia Mundial dos Pobres”. O comunicado foi feito por dom Walmor e o reconhecimento veio do Vaticano através do Papa Francisco. A capela do século XVIII estava lotada de devotos e peregrinos que viveram nas ruas de Belo horizonte e hoje são assistidos pela “Pastoral de Rua da Arquidiocese de BH”.

A Serra da Piedade, local onde abriga o complexo, é um importante ponto de peregrinação que, só no ano passado, recebeu 500 mil pessoas. Para este ano, a previsão é de aproximadamente 700 mil peregrinos visitando o local.

Foto: Arquidiocese de BH

O santuário fica localizado a 48 km da capital e a 16 km do município de Caeté. É um ambiente com uma riquíssima beleza natural, no topo da montanha, com uma bela vista para diversas cidades como Belo Horizonte, Caeté, Contagem, Lagoa Santa, Nova União, Raposos, Sabará, Santa Luzia e Vespasiano.

Recentemente o espaço ganhou nova iluminação externa e mudou o nome para Basílica Ermida da Padroeira de Minas Gerais – Nossa Senhora da Piedade comprovadamente a menor basílica do mundo.

Geralmente a basílica é uma igreja de grande porte, porém na visão católica a basílica pode ser definida como templos com riqueza espiritual é imensurável.

As basílicas são privilegiadas com relíquias de um ou mais santos, possuem grande influência sobre determinada região geográfica e se dividem em dois tipos: a Maior e a Menor. As Basílicas Menores são todas aquelas espalhadas pelo mundo, além das quatro papais.