Mototaxistas permanecem com o mesmo preço de 2017

0
28
Foto Divulgação redes sociais

A categoria que a cada dia fica mais forte e organizada em Lagoa Santa decidiu ontem (05) que manterá os valores das corridas dentro da cidade de Lagoa Santa. Segundo Wesley Moura, que faz parte da liderança deste “movimento” e trabalha há três anos como mototáxi, a medida é uma resposta ao reajuste das passagens dos ônibus em Lagoa Santa. “Vimos um cenário impossível de ocorrer aumento nas corridas. Além do transporte público, o acréscimo no salário mínimo foi o menor em 23 anos, ficou ainda mais complicado.”, explica.

Foto: Gil Santos

Em 30 de dezembro do ano passado o prefeito Rogério Avelar (PPS) reajustou R$0,30 no valor da passagem (7,9%). Wesley tem realizado uma espécie de ponte entre o “movimento”, a sociedade, o executivo e o legislativo. “Essa decisão foi amplamente debatida entre os representantes das centrais e o vereador e atual presidente da Câmara de Vereadores, Leandro Cândido. Ele tem sido um parceiro da categoria. Mesmo com a alta dos combustíveis é hora de retribuirmos todo o apoio que a sociedade tem nos dado.”, diz Moura.

Nos últimos meses de 2017 os mototaxistas realizaram duas manifestações pacíficas e conseguiram ainda mais apoiadores. Inclusive o prefeito Rogério Avelar cedeu em alguns pontos da Lei 3.441/2017 que a Prefeitura de Lagoa Santa tentou estabelecer e aumentou a quantidade de vagas de 243 para 325 motoboys nas ruas. “Rogério é bem inflexível em relação a nossa pauta. Ele cedeu somente após a segunda manifestação, porém este aumento de vagas terá que ser votado na Câmara”.

Outra informação importante é que até o meio deste ano os preços das corridas dos motoboys serão tabelados, com as informações em locais visíveis e com acesso aos usuários. “Vamos regularizar o serviço a pedido do Ministério Público e manteremos a tabela em todas as centrais.”, conta.

Leia também: http://www.minasdefato.com.br/motoboys-de-lagoa-santa-fazem-buzinaco-contra-projeto-de-lei-da-prefeitura/