Mutirão de castração animal será realizado em maio na cidade de Lagoa Santa

0
702
Foto Internet: Divulgação/PMSJP

Começa dia 21 de maio (vai até 25 do mesmo mês) um mutirão de castração animal idealizado pelo vereador Fabiano Moreira (PSB). O chamado “Castramóvel” é uma unidade móvel de castração de animal (cães e gatos), coordenada por uma Organização Não Governamental (ONG). No caso de Lagoa Santa, a ONG Aliança Juizforana pela Defesa dos Animais – ONG Ajuda – tornou-se parceira do projeto e vai realizar o trabalho na cidade.

A castração nada mais é do que a remoção cirúrgica dos órgãos sexuais, o que faz com que os processos hormonais desapareçam. É considerada pelos veterinários uma cirurgia leve, que favorece a saúde dos animais.   Entretanto, trata-se de uma operação com anestesia geral e por isso é necessário a presença de um veterinário especialista que conte com materiais adequados a sua disposição.

De acordo com a ONG Ajuda serão em média 60 animais esterilizados por dia sendo 20 gatos e 40 cães. Para participar da castração gratuita, o proprietário do animal deverá realizar a inscrição de 24 de abril a 11 de maio. Só poderão efetuar a inscrição pessoas maiores de 18 anos, que apresentarem comprovante de residência atualizado (últimos três meses), RG e CPF.

Atualmente o Estado de Minas Gerais conta com a estrutura de quatro castramóveis adquiridos com o trabalho do deputado estadual Noraldino Júnior.

Benefícios da castração – Além de evitar a procriação descontrolada, os benefícios da castração são inúmeros para os animais e seus donos. Segundo os veterinários, a castração melhora consideravelmente o comportamento do cão, evitando que ele seja abandonado, e previne contra doenças que podem matar os pets. No caso de cães agressivos por dominância sexual, a castração faz com que este comportamento desapareça.

Para as fêmeas existem duas maneiras de realizar a operação, removendo apenas os ovários (ooforectomia) ou retirando ovários e útero (ovariohisterectomia). É importante que as fêmeas sejam castradas antes do primeiro cio para evitar o câncer de mama, ovários e no colo do útero. A piometra é outra doença grave evitada com a castração. Quando a cadela ou gata entra no cio, ocorre a descamação do útero e a cérvix se abre para que o útero possa receber os espermatozoides. Porém, pode ocorrer de bactérias entrarem no útero e causarem infecção. Já nos cachorros machos a castração diminui o risco de câncer de próstata e testículos.

Estes benefícios são para os cães, no entanto os donos também são favorecidos. O macho marca menos território, ou seja, ele vai parar de urinar em todos os cantos da casa, as cadelas param com a perda de sangue duas vezes por ano e a higienização da casa fica mais fácil. Melhora também problemas de comportamento como agressividade, evita ninhada indesejada de filhotes e elimina o risco de doenças de qualquer tipo, não somente as mais graves.

O melhor de tudo isso é que diminui a quantidade de animais abandonados nas ruas!

  • Para mais informações – telefone 36817328
  • Para se inscrever – Endereço: Rua Maria Junqueira, nº 245, sala 108, Brant. Segunda a sexta-feira (exceto feriado), nos horários de 9h as 17h30.