Nova usina de biogás na região metropolitana de Belo Horizonte

0
129
Foto: Divulgação

A empresa italiana Asja inaugurou na última semana uma usina de biogás no aterro sanitário de Sabará, região metropolitana de Belo Horizonte. A usina processa e queima o gás metano gerado a partir da decomposição do lixo depositado no aterro sanitário e a energia gerada é comprada e distribuída em rede.

De acordo com a assessoria de imprensa, a capacidade de produção será de 46 mil MWH por ano de energia elétrica. Esta quantidade será capaz de atender 25 mil famílias. “Ter construído esse importante projeto em um mercado que será central nos planos de desenvolvimento dos próximos anos é um grande resultado para a Asja”, disse o presidente do Gruppo Asja, Agostino Re Rebaudengo. (ANSA)

O projeto evitará o envio de 380 mil toneladas de CO2, quantidade equivalente a emissão de gás poluente de 180 mil veículo por ano, e ainda diminuirá a dispersão de cheiros desagradáveis e agentes poluentes na natureza. Na capital, desde 2011, a empresa já realiza um trabalho de transformação de um problema ambiental, o lixo.

Alguns benefícios da Central de Aproveitamento Energético do Biogás – Geração de energia elétrica – Melhoria das condições ambientais – Redução do mau cheiro nos bairros vizinhos – Minimização de risco de incêndio – Redução das emissões responsáveis pelo efeito estufa – Redução dos efluentes atmosféricos – Aumento da estabilidade do aterro – Transferência de tecnologia – Geração de empregos e capacitação profissional.

Sobre o grupo
Desde 1955 que a empresa ASJA AMBIENTE ITALIA SpA trabalha no mercado de energias renováveis e eficiência energética. É a partir da energia verde (biogás, eólica e fotovoltaica) que eles evitam as emissões de GEE gerando créditos de carbono. Além disto, eles operam na comercialização de energia e produzem e vendem sistemas de eficiência energética, como as unidades de microcogeração TOTEM. É a chamada energia limpa!